Home do Site Shopping Garden

Garden Blog

AQUI VOCÊ FICA POR DENTRO DAS ÚLTIMAS NOTÍCIAS E EVENTOS

Adubação

quarta, 09 de setembro de 2020

Os adubos são os nutrientes que as plantas precisam para crescer e se desenvolver de forma saudável, a terra originalmente era perfeitamente rica para que qualquer planta pudesse se desenvolver perfeitamente sobre ela, com o passar do tempo ela foi sendo desgastada e por isso hoje precisamos fazer sua suplementação, por esse motivo os adubos são essenciais hoje para conservar ou recuperar a fertilidade do solo.

Para quem possui somente vasos em casa a adubação é uma ferramenta fundamental do processo de cuidado com suas plantas pois as raízes estando confinadas no vaso (sem ter onde buscar nutrientes) dependem única e exclusivamente de nossa ajuda para esta suplementação.

A adubação mais completa e equilibrada que podemos indicar é a adubação natural, com ela os nutrientes são liberados lentamente enriquecendo a terra para que as plantas se alimentem desta terra enriquecida, além de serem importantes também para alimentar os microrganismos que precisam existir na terra e que são essenciais para uma terra saudável e desta forma então teremos uma planta saudável.

A adubação química é importante também e deve ser usada intercalada com a natural quando uma planta esta muito debilitada, pois ela funcionará como um aporte rápido de nutriente para a planta mas ela não fixa na terra é perdida rapidamente através do escoamento da água da rega, mas irá suprir a planta enquanto a adubação natural estará trabalhando e recuperando a terra . Após os sinais de reação da planta podemos seguir somente com a adubação natural.

Adubação Natural

A adubação natural provém da matéria de origem animal ou vegetal, decomposta ou em decomposição.

O adubo orgânico exerce três funções:

  • Fertilizante

  • Corretivo

  • Melhorador ou condicionador de solo

Humus de minhoca ele como os outros fertilizantes orgânicos apresentam liberação dos nutrientes no solo de forma lenta, sendo necessário usá-lo em maiores quantidades e de forma mais espaçada . Fazemos uso em média a cada 02 meses, em matérias de nutrição são bastante completos possuem nitrogênio, cálcio, fósforo, potássio, magnésio e enxofre, além dos micronutrientes boro, cloro, cobre, ferro, manganês, molibdênio e zinco.

É um corretivo porque corrige a composição do solo, combinando-se com o manganês, o alumínio e o ferro, por exemplo, reduzindo ou neutralizando os efeitos tóxicos desses elementos, quando em excesso, sobre as plantas.

É um condicionador pela forma que age no solo, melhorando suas condições e propriedades físicas, facilitando o desenvolvimento das raízes e favorecendo novas brotações de folhas e ramos melhora a capacidade fotossintética das plantas ou seja a planta aproveita muito mais os nutrientes provindos dele do que de uma adubação química e responde mostrando maior viço e exuberância da planta.

Torta de mamona

A torta de mamona é um adubo orgânico de excelente qualidade, pois é um composto ricamente nitrogenado, eficiente na recuperação de terras esgotadas. Ela é fonte de nitrogênio, fósforo, potássio, além de micronutrientes. É um adubo orgânico de lenta liberação por isso tem duração longa na terra e também funciona como condicionador de solo, elevando o nível de matéria orgânica, beneficiando assim um solo equilibrado e ideal para o crescimento das plantas. É indicado para todos os tipos de plantas , e favorece principalmente a parte foliar em geral.

Obs.: Se existe na residência animais domésticos não recomendamos o uso de torta de mamona pois é TÓXICA substituir a torta de mamona por torta de algodão .

https://www.netshopgarden.com.br/torta-de-mamona-super-verde-60444277

Torta de Algodão

A torta de algodão é um fertilizante natural, fonte de nitrogênio, fósforo, potássio, além de micronutrientes também. É um adubo orgânico de lenta liberação e também funciona como condicionador de solo, elevando o nível de matéria orgânica, beneficiando assim um solo equilibrado e ideal para o crescimento das plantas. É indicado principalmente para plantas em geral e favorece como a torta de mamona a parte foliar da planta.

Farinha de ossos

A farinha de ossos é um fertilizantes natural rico em fósforo e cálcio , elementos essenciais ao crescimento e estimulação da floração e frutificação das plantas. É um adubo orgânico muito seguro, não queima as plantas.

https://www.netshopgarden.com.br/adubo-farinha-de-osso-super-verde-63949221

Esterco bovino

Fonte de macro e micronutrientes como Nitrogênio, Fósforo , Potássio , Cálcio, Magnésio, Enxofre, Zinco e Cobre.

Apresenta várias benesses para o solo entre elas:

  • Melhora da estrutura do solo (tanto para solos arenosos como para solos argilosos);

  • Diminuição dos processos de compactação do solo;

  • Melhora da aeração e da drenagem do solo;

  • Aumento da capacidade de armazenagem de água no solo;

  • Diminuição dos efeitos da erosão;

  • Melhora a condição de crescimento de raízes;

  • Contribuição para o aumento de pH em solos ácidos;

  • Aumento do número de microorganismos úteis no solo, essenciais no combate de pragas;

Traz benefício por mais tempo pois fornece lentamente nutrientes, prolongando os efeitos da adubação;

Evita as perdas de minerais por lixiviação (lixiviação é quando molhamos a planta e os nutrientes escorrem com a água).

Bokashi

Esse adubo natural é uma mistura de diversos ingredientes orgânicos que, após o processo de fermentação utilizando microrganismos eficientes (EM) é utilizado na adubação orgânica e ele nos traz excelentes resultados em enraizamento , produção foliar, flores e frutos.

O Bokashi fornece macro e micro nutrientes de forma natural, equilibrada em dosagem equilibradas para as plantas, porque equilibra o solo , não tem cheiro e libera os nutrientes imediatamente após a sua aplicação e enquanto isso também vai enriquecendo a terra com microrganismos importantes para o solo. É um produto totalmente orgânico sem uso de materiais tóxicos que mantêm as plantas bem nutridas, além de manter a terra viva pois agrega e alimenta os microrganismos que precisam estar na terra.

https://www.netshopgarden.com.br/adubo-biokashi--1-kg--9106082

Adubação Química

O adubo químico tem resultado mais rápido e é absorvido com maior facilidade pelas plantas, porém é mais indicado como aporte em plantas debilitadas usados de forma intercalada com os adubos naturais, pois seu uso indiscriminado pode causar mudanças na composição química do solo.  
Nos adubos químicos vamos encontrar a sigla NPK seguida de três números.

As três letras indicam os elementos que compõem o adubo e os números respectivamente a porcentagem de cada elemento na fórmula.
O "N" é o Nitrogênio, ele estimula o crescimento dos brotos e das folhas. O Nitrogênio de origem orgânica é encontrado no esterco bovino, de galinha e também no húmus de minhoca, Bokashi.

O "P" é o Fósforo, ele favorece a floração e a frutificação. O Fósforo de origem orgânica é encontrado na farinha de ossos, Bokashi

E por último o "K" Potássio, ele fortalece os tecidos vegetais tornando as plantas mais resistentes a pragas. O Potássio de origem orgânica é encontrado nas cinzas de madeira e no esterco bovino, Bokashi.
Existem várias formulações de NPK disponíveis no mercado.

Isso porque as espécie têm necessidades específicas em cada etapa de seu desenvolvimento.

Dentre as formulações mais comuns no mercado temos:

NPK 04-14-08 - Utilizado em árvores frutíferas ou espécies floríferas.

https://www.netshopgarden.com.br/adubo-041408-98974245

NPK 10-10-10 - Utilizado em todos os tipos de plantas tanto flores como folhagens mas por ter maior concentração de Nitrogênio acaba ajudando muito as plantas com folhagens mais expressivas.

https://www.netshopgarden.com.br/fertilizante-10-10-10-super-verde-30076236

Comente e participe:


Cuidados com a Tuia

sexta, 06 de dezembro de 2019

CUIDADOS COM A TUIA

  1. Manter a Tuia em um local onde a planta possa receber bastante sol.
     
  2. Se a Tuia ficar dentro de casa, recomenda-se deixar perto de janelas e portas para que receba ventilação e sol por algumas horas do dia (lembrando que a Tuia é uma planta para área externa de sol pleno).
     
  3. Regar a Tuia mantendo a terra levemente úmida, mas não encharcada.
     
  4. Evite colocar objetos muito pesados e também o uso de sprays, pois eles danificam os galhos e folhas.
     
  5. O uso de luzes e pisca-pisca deve ser usado moderadamente, pois o calor das luzes pode queimar as folhas, reduzindo a vida útil da sua Tuia.

Comente e participe:


Cuidados com Hyacinthus

terça, 20 de agosto de 2019

  • Mantenha o vaso em local bem iluminado e observe sempre a terra quando secar bem , faça a rega de forma eficiente, percebendo que toda a terra recebeu umidade.
  • Quando a planta secar corte as hastes e folhas e retire o bulbo da terra lave-o , deixe secar ao sol da manhã e guarde em local frio e ventilado pode ser em sacos de papel na gaveta da geladeira.
  • Faça o replantio do bulbo na época de outono ( profundidade de 02 vezes a altura do bulbo), para que eles brotem na primavera, não deixe no sol , somente muita claridade, do lado de fora da casa, no máximo um sol leve da manhã.
  • A terra deve ser misturada com areia, na proporção de 1:1 , uma parte de terra para uma parte de areia.
  • Faça a rega e observe atentamente quando ela secar já molhe novamente.

Comente e participe:


35 PLANTAS que AMAM SOL (boas para CALOR e FRIO)

quarta, 17 de julho de 2019

Todas as plantas mostradas aqui você encontra em qualquer uma das três lojas do Shopping Garden: Tatuapé, Vila Nova e Sul – esta última, a unidade onde o vídeo foi gravado.

Diferença entre rosa e rosa-do-deserto
Apesar do nome parecido, a rosa (Rosa x grandiflora) e a rosa-do-deserto (Adenium obesum) são plantas bem diferentes. Enquanto a rosa é uma flor de corte, de origem chinesa e que floresce bem em climas frios, a rosa-do-deserto é uma árvore, tem crescimento lento e é originária de regiões de deserto. O que ambas têm em comum são o nome "rosa", a beleza e o gosto por solos mais secos e sol, muito sol.

Cravina e calanchoe para um jardim resistente
Bem fácil de cuidar, a cravina (Dianthus chinensis) lembra o cravo, mas com flores menores, além de ser uma planta mais baixinha, perfeita para canteiros. Ela é uma PANC, ou seja: comestível! Outra espécie de cultivo super fácil, a calanchoe, ou flor-da-fortuna, (Kalanchoe blossfeldiana) é uma suculenta bastante conhecida. Mas também procure a calandiva: com flores de pétalas dobradas, não deixa de ser uma calanchoe, só que bem diva ;-)

Atraindo borboletas com flores
Quem quer um jardim ensolarado, cheio de flores e com presença de borboletas, abelhas e beija-flores, pode plantar lantana (Lantana camara), camarão-amarelo (Pachystachys lutea) e bela-emília (Plumbago auriculata). Se preferir plantas de maior porte, escolha hibisco (Hibiscus rosa-sinensis), manacá-da-serra (Tibouchina mutabilis) e azaleia (Rhododendron simsii).

Trepadeiras para pergolados ensolarados
Trepadeiras com flores? A primavera (Bougainvillea spectabilis), também conhecida por bouganville ou três-marias, é ótima e fácil de cultivar. Agora, se precisa de uma planta ainda resistente, escolha a ipomeia-vermelha (Ipomoea horsfalliae) – ela cresce até mesmo em areia da praia. A hera-alemã (Senecio mikanioides) pode ser confundida com outras heras, mas dá flores amarelas.

Planta com bulbo
Se você planeja ter um jardim com grandes flores, vá de amarílis (Hippeastrum hybridum). Resistente ao calor, seu segredo está na raiz, um bulbo (parece uma cebola) que armazena água e nutrientes. Com uma "cebolinha" menor, o trevo-roxo (Oxalis vulcanicola) é garantia de uma natural cobertura do solo.

Sol e plantas tropicais
Para locais com sol, calor e muita umidade, as mais indicadas são plantas tropicais. Estrelítzia (Strelitzia reginae), também conhecida como ave-do-paraíso, helicônia-papagaio (Heliconia psittacorum) e cúrcuma(Curcuma alismatifolia). Todas dão flores lindas e possuem folhas grandes e largas.
 

Flores que são PANCs
PANCs (plantas alimentícias não convencionais)? Tem a begônia-cerosa (Begonia cucullata), que é nativa do Brasil e oferece flores comestíveis, de sabor azedinho. Vai bem tanto no calor como no frio. Crisântemos(Argyranthemum hybrid), girassóis (Helianthus annuus), gérberas (Gerbera jamesonii), margaridas (Leucanthemum vulgare), e tagetes (Tagetes erecta) também são comestíveis, além de escolhas perfeitas para quem quer um jardim florido e alegre.
 

Um jardim colorido
Parecidas com pompons, as flores da perpétua (Gomphrena globosa) podem ser roxas ou brancas nas extremidades de suas hastes eretas. Já o tapete-inglês (Persicaria capitata), é rasteira e serve como uma boa cobertura de jardins. A pluma (Celosia argentea) chama a atenção por suas cores vibrantes. Se quer mais cor ainda, experimente plantar a salvia-azul (Salvia farinacea) ou a sálvia-vermelha (Salvia coccinea) – mas lembrando que ambas precisam de sol e frio, e não são comestíveis!

Plantas de sol perfeitas para canteiros
Para ter canteiros lindos em ambiente de sol e calor, plante as PANCs onze-horas (Portulaca grandiflora) e sua prima, a beldroega (Portulaca oleracea). A rabo-de-gato (Acalypha reptans) é baixinha e cobre o jardim com seus tufos vermelhos e felpudos – e ainda resiste ao xixi de cães e gatos! Se o canteiro é em local frio, plante flor-canhota (Scaevola aemula). A torênia (Torenia fournieri) lembra a planta de frio amor-perfeito, mas gosta de locais quentes. Para quem tem sol sempre e quer flores o ano inteiro, escolha sunpatiens (Impatiens "Sunpatiens") – que tem sol até no nome. Uma flor parecida com a sunpatiens é a vinca (Catharanthus roseus), mas atenção: enquanto a primeira tem flores comestíveis, a vinca é tóxica!

Apesar de associarmos sol a calor, nem toda planta desta lista gosta de altas temperaturas. Sol é uma coisa e calor, outra. Identifique se o clima do seu jardim recebe o sol de rachar mamona ou aquele mais brando, que parece luz de geladeira (ilumina, mas não aquece). Escolha as plantas que mais se adaptam ao seu clima, deixe o sol brilhar e tenha um jardim radiante!

Não deixe de acessar o site da Carol e aprender muito mais sobre as verdinhas:  https://minhasplantas.com.br/

 

Comente e participe:


Cuidados com Tulipas

terça, 14 de maio de 2019

  • Mantenha o vaso em local fresco e bem iluminado ela gosta de ficar com o solo frio então pode optar em regar colocando uma pedra de gelo sobre a terra que irá derreter e fazer a rega certifique-se que após o derretimento do gelo  a terra toda do vaso conseguiu receber umidade, caso perceba que não coloque mais gelo.
  • Espere a terra secar totalmente para fazer uma nova rega, nunca deixe a terra da Tulipa encharcada somente molhe com eficiência e aguarde secar para uma nova rega igualmente eficiente.
  • Após o término da florada,  depois que  a haste e folhas secarem,  pode cortá-las , retire o bulbo da terra e lave bem  , deixe secar ao sol da manhã e depois de bem seco colocar em sacos de papel na gaveta da geladeira.
  • O seu replantio deve ser quando começar o período frio entre maio e junho (outono) eles precisam de 12 a 14 semanas de período frio   para conseguirem brotar na primavera.
  • Misture areia na terra do plantio em proporção de 1:1 uma parte de terra para uma parte de areia, isso ajudará na drenagem da água,Tulipas não agüentam ficar com solo encharcado desta forma a terra terá boa drenagem então após uma boa e abundante rega a água drenará naturalmente. Plante o bulbo em uma profundidade de em média 03 vezes seu tamanho.
  • Depois de replantados mantenha-os em local de sol da manhã (eles precisam de sol, mas não muito forte, evite locais de sol da tarde).
  • Observe sempre , quando perceber que secou bem, já pode proceder a uma nova rega.

Comente e participe:


Cuidados Básicos

quarta, 20 de fevereiro de 2019

Plantas de sol pleno (em vasos)

Devemos manter a terra úmida e para verificar a umidade é necessário colocar a mão na terra para sentir. Se estiver começando a secar já molhe. Para molhar o vaso temos que colocar a quantidade proporcional ao tamanho do vaso. Regar aos poucos e devagar, em toda a volta do vaso para que a água penetre bem na terra. Quando perceber que começou a escorrer levemente a água no prato já pode parar, pois umedeceu toda a terra. 

Plantas de sol pleno (no solo)

Pelo menos no primeiro mês, devemos dar uma atenção maior com relação a rega e manter a terra úmida, pois a raiz ainda não consegue buscar umidade no solo, pois estava confinada em vaso, adquirindo assim seu formato. Depois desse período ou após perceber novas brotações, a rega pode começar a ficar um pouco mais espaçada. Observe sempre se sua planta apresentar sinal de estar "murcha" ou com folhas secas, esses sinais indicam que está faltando água ou a rega está insuficiente. 

Plantas de sombra

Estas plantas demoram mais para secar, mantenha-as levemente úmidas, sem excessos de água e nem falta. Observe sempre a terra. Plantas com talos e folhas mais carnudas amazenam mais água, então devemos esperar a terra secar para depois molhar, moderadamente.

Comente e participe:


DIGITE SEU E-MAIL E RECEBA NOVIDADES!
OK

Garden Sul

Av. dos Bandeirantes, 5900

Seg. à Sab. das 09hrs às 17hrs
Dom. das 09hrs às 17hrs.

(11) 5591-5555

Garden Tatuapé

Av. Salim Farah Maluf, 2211

Seg. à Sab. das 09hrs às 17hrs
Dom. das 09hrs às 17hrs.

(11) 2227-8500

Garden Vila Nova

Av. República do Líbano, 1789

Seg. à Sex. das 09hrs às 17hrs
Sáb. das 09hrs às 17hrs, não abre aos domingos.

(11) 5051-6676

Desenvolvido por